HomeAutoresGlossárioContato

Decoupling: entenda o que é e as possibilidades para o seu negócio

Por Time xTree
Categoria Inovação
16 Dezembro 2021
Tempo de leitura: 3 min
Decoupling: entenda o que é e as possibilidades para o seu negócio

Com a transformação digital a todo vapor, uma nova era de possibilidades de negócio surgiu, impulsionada com a pandemia.

Para entendermos o conceito do decoupling, precisamos falar sobre a cadeia de valor. Isso nada mais é que um gerenciamento de processos, o passo a passo que o cliente tem em sua empresa e que gera valor para ele. Nesse ponto, todo o processo conta, desde o primeiro atendimento até a finalização, independentemente se você vende um produto ou um serviço.

Alinhado ao pensamento de cadeia de valor, as empresas criam uma proposta de valor em seus produtos e serviços. Ela apresenta aos seus consumidores uma série de vantagens e diferenciais que ele, como cliente, terá ao usar a sua marca, e não a concorrência. Atualmente, as pessoas têm acesso a muitas informações, por exemplo, uma série de feedbacks sobre qualquer produto ou serviço.

O especialista no assunto, Thales Teixeira, ex-professor de Harvard, lançou um livro que destrincha minuciosamente todo esse processo, “Desvendando a Cadeia de Valor do Cliente” (Unlocking the customer value chain), no qual ele fala como a natureza da concorrência sofreu uma mudança que pode ser considerada drástica. No livro, ele apresenta a disrupção das indústrias de consumo e como as empresas tradicionais devem agir.

A desintermediação nos negócios

Após entender essa cadeia de valor, precisamos falar sobre o que vem acontecendo no mundo atual. Como o professor Thales Teixeira explica em sua entrevista exclusiva para o canal do YouTube da xTree, a pandemia de COVID-19 trouxe uma série de incertezas para o mundo corporativo. Empresas tiveram que se reinventar para não fecharem as portas.

Um exemplo citado pelo professor Thales foi em relação à distribuição de filmes pelo cinema. Os estúdios de Hollywood usavam as redes de cinema como intermediários para lançamentos de seus filmes. Com a pandemia, ficou impossível as pessoas frequentarem os cinemas. A solução encontrada foi que os estúdios distribuíssem seus filmes através das suas plataformas de streaming em vez do cinema.

Cada estúdio adotou uma estratégia diferente em relação a isso. Por exemplo, enquanto a Disney adotou a cobrança de um valor por fora da assinatura, a Warner Bros, dona da HBO Max, resolveu não cobrar. Essa estratégia serviu para atrair novos assinantes, que podem usufruir do produto sem uma cobrança adicional.

Essas atitudes foram tomadas enquanto as salas de cinema estavam fechadas, agora, com o retorno do público, a estratégia das companhias é o lançamento simultâneo ou com uma janela menor, para não lesarem as redes de cinema.

Outros negócios que dependiam de um intermediário, como lojas de roupas, passaram a vender seus produtos diretamente para o consumidor. Essa inovação em fazer negócios não parou por aqui, pois muitas empresas passaram a ser um novo entrante em alguns mercados.

Na luta por sobrevivência em uma época de incertezas, a concorrência pode surgir de onde você menos espera.

20230323-recursos-graficos-decoupling_RA.jpg

Entendendo o decoupling e a disrupção digital

Agora que analisamos a atual situação das empresas e entendemos o que é a cadeia de valor, podemos falar sobre o que é o decoupling e como isso tem influenciado a criação de novos negócios, como as startups.

O professor Thales, em sua entrevista para a xTree, deu um exemplo muito interessante sobre os processos que temos ao ir em um restaurante. A cadeia de valor que nós, enquanto consumidores, passamos é da seguinte maneira:

  • escolher o restaurante;
  • reservar a mesa;
  • ir ao restaurante;
  • ocupar a mesa;
  • pedir bebidas e refeições;
  • consumir bebidas e refeições;
  • pagar a conta.

Esse processo, há alguns anos, não envolveria nenhuma outra empresa além do restaurante. Atualmente, isso é quase impossível. Muitas startups visualizaram uma oportunidade de negócio nessa cadeia, causando um decoupling nesses processos. Veja a seguir.

Escolher o restaurante e fazer reserva

O ato de você escolher um restaurante já virou um negócio. Uma reserva que, antes, você fazia diretamente com o restaurante ainda é possível, mas não tão solicitado agora. Aplicativos como Tripadvisor, além de agregar todos os restaurantes da região, oferecem descontos únicos através de cupons. Lá, você filtra o restaurante através do seu gosto e faz a reserva, sem precisar entrar em contato com o estabelecimento em questão.

Ir ao restaurante

Até mesmo algo que possa ser considerado simples, como o ato de se locomover, também mudou. Ao invés de um transporte público ou, mesmo, do seu carro, a Uber entrou com uma alternativa muito mais cômoda. Se a pessoa deseja consumir álcool e ter conforto em sua locomoção, os aplicativos de transporte enxergaram ali a oportunidade.

Pedir bebidas e refeições

O ato de pedir bebidas e refeições também se tornou algo à parte. Nesse caso, às vezes, o restaurante em questão não dispõe de uma cozinha no prédio, e outra empresa cuida desse processo. Em certos locais, a mesma empresa pode cuidar de mais de um restaurante na região.

Pagar a conta

A questão do pagamento também vem passando pelo processo de decoupling. No exemplo citado pelo professor Thales, a empresa Toast cuida exclusivamente do pagamento, fazendo com que o restaurante não precise se preocupar com essa questão também.

Dessa forma, podemos ver como esses processos de desacoplamento da cadeia permitem que novas empresas possam surgir, ampliando cada vez mais os horizontes do mundo corporativo. Inclusive, isso gera possibilidades para a sua própria empresa, que pode criar uma estratégia e se antecipar aos concorrentes.

O decoupling vem ganhando cada vez mais espaço em um mercado competitivo, e é papel das empresas manterem um olhar atento às oportunidades, sempre visando oferecer a melhor experiência para seus clientes.


Artigo Anterior
Metodologia Future Back: amplie sua visão para o futuro

Time xTree

Postagens Relacionadas:

Como a experimentação pode ajudar sua empresa a atingir bons resultados
01 Fevereiro 2022
4 min

Nós ajudamos sua empresa a se conectar com as melhores práticas de gestão do mundo.

Conheça as nossas soluções

Alguns de nossos clientes:


© 2023, Todos os direitos reservados

Links rápidos

AutoresGlossárioContatoSite

Social Media